Os agregadores de notícias e o seu impacto na Internet

Já não é de hoje que existem os agregadores de notícias. Alguns disponíveis como parte integrante do leitor de e-mails, outros disponíveis no próprio navegador, passando pelos softwares específicos para esse fim e até mesmo pelos disponíveis on-line, colaborativos e bem interessantes para quem não tem um computador portátil ou que acesse a internet de vários computadores.


Mas o que vale a pena dizer sobre esses softwares é que eles mudam completamente a experiência com a Internet. Ela se torna mais interativa, e a impressão que se tem é que se está participando de um grande fórum, porém sem canais com assuntos definidos e com uma moderação muito mais eficaz do que nos fóruns tradicionais, feita por tópicos (isso se encararmos um post como um tópico).

Além disso a qualidade daquilo que se escreve em blogs tem aumentado muito, o que ao ser somado ao processo ativo de entrega de informação promovido pelos agregadores de notícias, faz da experiência on-line algo muito mais vibrante do que a velha forma de interação, que mais lembrava a leitura de uma revista.


Ao levar em consideração esses pontos eu pergunto a você que está perdido por aqui lendo esse post (tendo sido trazido até ele por um agregador de notícias ou não): Você tem um Blog? Se você tem, ele tem um feed RSS ou ATOM? Se a resposta para qualquer uma das duas perguntas foi não, então conscientize-se de que encontrar o seu blog num buscador qualquer vai ser a única forma de alguém encontrá-lo e mesmo se isso acontecer você vai receber apenas uma visita, sem perspectiva de retorno.

Não é assim que as coisas devem funcionar. Use um agregador, tenha um blog e permita o acesso a ele através de feeds, isso irá fazer com que a sua experiência on-line mude muito, para melhor.

Mas além de serem muito úteis em blogs, os feeds RSS podem ter uma função espetacular, que é a de manter usuários, leitores ou clientes de seu site atualizados com relação à qualquer coisa que aconteça nele.

Basta levar em consideração a seguinte situação:

Suponha que um cliente de um e-commerce qualquer esteja procurando por um produto de uma determinada categoria, como por exemplo um mp3 player. Na primeira visita que ele faz ao site ele vê todos os modelos disponíveis, mas mesmo assim não encontra nenhum que lhe agrade. Mas ele encontra um link “monitorar novos produtos dessa categoria” e clica nele, o que faz com que o link para o feed relativo aos produtos seja adicionado ao seu agregador RSS.

Feito isso, toda vez que um novo produto for adicionado à categoria de interesse o seu “potencial cliente será avisado automáticamente”.

Revolucionário? Não. Útil? Muito!


No Comments


Deixe uma resposta