A Web 2.0 e os Leitores RSS

Você usa um leitor RSS? Se respondeu não então ainda não ingressou na verdadeira revolução social que tomou conta da Web nos últimos tempos. Ao utilizar um leitor RSS é possível agregar conteúdos de dezenas de sites em um único local, classificar tais conteúdos, compartilha-los e assim criar fontes de informação completas sobre qualquer assunto, escolhendo sua própria equipe de jornalistas, repórteres e editores.

Já escrevi anteriormente sobre esse assunto, mas como esses softwares parecem se tornar mais necessários a cada dia eu creio que seja preciso alertar, mais uma vez, para a existência e os benefícios da sua utilização.

Dentre os inúmeros leitores RSS que existem, eu recomendo em particular o Google Reader, o Bloglines e o Netvibes.

Por que não usar mais leitores RSS no desktop?

A Web é a plataforma. Ao usar um leitor RSS via web você amplia as possibilidades de compartilhamento, a informação torna-se disponível em qualquer lugar e, principalmente, você não corre o risco de perder suas fontes de informações.

Se você ainda não usa um Leitor RSS então inscreva-se em um dos 3 serviços acima, adicione seus blogs, sites, portais e colunas favoritas e tenha a informação que você precisa sob controle. E não se esqueça. O meu blog também! 🙂


2 Comments

  1. Vinicius Nascimento disse:

    Olá, entrei no seu blog através de uma pesquisa sobre Web 2.0, daí então, comecei a ler sua matéria que, diga-se de passagem está muito bem elaborada e clara. Mas quando cheguei ao fim da minha leitura notei que vc não abordou o assunto do título postado acima: “A Web 2.0 e os Leitores RSS”, entendo que os leitores RSS têm relação com a Web 2.0, mas não foi abordado realmente o tem Web 2.0. caso queira entrar em contato webviny@gmail.com
    Muito obrigado!

  2. minholi disse:

    Oi Vinicius, o caso é que a Web 2.0 consiste na utilização da Web como plataforma e no uso colaborativo/combinado de aplicações (mashups). Os próprios leitores RSS que eu citei são exemplos de aplicações da Web 2.0, que permitem a integração com outras aplicações e propiciam meios para que as pessoas interajam através de redes sociais.


Deixe uma resposta