Relato: Como foi ir ao FISL sem sair de casa

Como tive que cancelar minha ida ao FISL 9.0 na última hora, já que tinha que resolver algumas pendências na Universidade onde trabalho, acabei assistindo algumas das palestras que me interessavam pela TV Software Livre. Como tudo na vida acabei encontrando vantagens e desvantagens em fazer isso, além de ter observado pontos que podem melhorar, daí a idéia de escrever sobre o caso aqui, até mesmo para que esse texto possa servir de feedback para as pessoas que viabilizaram tal transmissão.

No primeiro dia não foi possível assistir ao stream de algumas salas e outras estavam sendo transmitidas sem som, mas ainda assim foi possível assistir a alguma coisa.

Da metade do segundo dia em diante todas as salas estavam sendo transmitidas corretamente, com isso foi possível assistir várias palestras, mas alguns pequenos detalhes acabaram atrapalhando um pouco, por exemplo:

  • A qualidade da captação do áudio estava bastante prejudicada em algumas salas, com muito ruído e interferências, o que acabou prejudicando um pouco a qualidade da transmissão, já que o áudio é mais importante nesse tipo de transmissão do que o próprio vídeo;
  • Algumas salas não filmavam a tela quando um palestrante estava demonstrando alguma coisa, nas demais quando era filmada a projeção a nitidez não era suficiente para uma boa visualização, assim sendo, o entendimento de quem assistiu as palestras onde isso ocorreu ficou bastante prejudicado. Uma saída interessante seria captar o vídeo diretamente da saída de retorno do projetor, isso contribuiria imensamente para a melhora desse aspecto;
  • A programação poderia conter a identificação do que estava sendo transmitido, já que para isso foi necessário consultar constantemente a grade, já que todos os vídeos estavam identificados como “conteúdo desconhecido”.

Sou muito grato ao pessoal que se esforçou para oferecer essa alternativa para quem, como eu, não pode ir até o evento, então espero que, caso venham a tomar conhecimento do meu relato, que procurem corrigir os pequenos detalhes que ficaram para trás, já que foi bastante gratificante contar com tal possibilidade frente aos acontecimentos.

Os pontos positivos, na minha opinião, ficaram por conta da possibilidade de ver o que estava acontecendo em várias salas ao mesmo tempo. Em outras edições do FISL eu tive a desagradável experiência de entrar em palestras cujo conteúdo não era exatamente o que eu esperava, o que me forçou a procurar uma nova palestra às pressas, prática esta que em várias vezes não surtiu efeito, haja vista que as salas lotam rapidamente. Neste caso eu penso que a transmissão da TV Software Livre poderia ajudar muito, já que seria possível montar um servidor local no evento retransmitindo os vídeos através de Multicast.

Como estive presente no ano passado e isso acabou acontecendo várias vezes, continuo aguardando a publicação dos vídeos para que possa assistir às palestras, já que nos anos anteriores isso ocorreu rapidamente mas até agora não foram disponibilizados os vídeos das palestras do FISL 8.0.

Uma melhoria interessante seria possibilitar, através de canais IRC por exemplo, que os participantes remotos das palestras pudessem fazer perguntas. Outra seria disponibilizar os slides das palestras com o áudio no SlideShare.

Usei o Videolan e consegui manter até 4 salas abertas (contando com um link ADSL de 2Mbps) enquanto alternava entre elas em algumas ocasiões. Ano que vem espero poder comparecer presencialmente ao FISL 10.0, nada substitui a possibilidade de estar em Porto Alegre e muitas vezes as conversas nos corredores são até mais produtivas do que as exposições formais feitas nas palestras, mas fica aí a dica pra quem vier a precisar.


3 Comments

  1. Guaracy Monteiro disse:

    Realmente a presença física não substitui a virtual. Mais uma vez eu fui no FISL apenas no último dia, para falar pessoalmente com amigos que eram apenas virtuais. Não tem cartão que pague um abraço ou aperto de mão. 🙂

  2. Marcelo R. Minholi disse:

    Pois é Guaracy! Ainda não foi dessa vez que deu pra repetir 2005. 🙂

    Ano que vem, se me aceitarem, vou para palestrar, aí as prioridades se invertem.

  3. orozjd disse:

    Realmente é muito bom assistir quando naõ podemos ir pessoalmente mas não houve mudança significativa para melhor nos últimos anos, o som, tive muitas caídas da ligação com a sala e não dá quase pra ver a tela, além de na sala que vi os controles da câmera apareciam as vezes na tela. Acho que poderiam dar uma atenção maior pra transmissão e torná-la uma opção pra quem não puder ir e talvez até desafogar o evento um pouco.


Deixe uma resposta